domingo, 12 de setembro de 2010

E faz frio...


mas nao é um frio constante
é um frio repentido
sem ter vento
sem ter sentimento
somente um vazio
que varre tudo da cabeça
deixando um silencio
medonho e assustador
depois volta tudo
tudo ao normal
na mesma (des)ordem
de ca, de la
onde estamos?

Um comentário:

Thaty disse...

Que bom ver vc por aqui...
Estava com saudades de vc e dos seus posts.
Sei de que tipo de vento vc está se referindo.
Ele chega de suspresa, rouba teu fólego, te congela e vai embora como se nada tivesse acontecido.

É a vida minha querida, mais e as coisas como estão???
Saudades.

Grande beijo.
Thaty
Pedaços do Cotidiano
http://pedacosdomeucotidiano.blogspot.com